February 13, 2014

O Discurso de Verdade na Wikipédia como Ferramenta de Comunicação de Marketing by shellymodesto

January 31, 2014

January 29, 2014

3:56pm  |   URL: http://tmblr.co/ZVYcfx15qOeR7
Filed under: identidade 
January 22, 2014
Tratamento de foto, para variar um pouco. ;)

Tratamento de foto, para variar um pouco. ;)

November 22, 2013
Planejamento: Campanha de Comunicação de Marketing - Inauguração da Academia.

Planejamento: Campanha de Comunicação de Marketing - Inauguração da Academia.

October 11, 2013
A peça que eu não inscrevi no Concurso Universitário da ABP.
Confesso que foi difícil criar em cima do empreendedorismo sem cair em clichês.Briefing:Anúncio de revista para motivar a população a se engajar na Semana Global do Empreendedorismo e acessar o site, em linguagem jovem e lúdica, tendo como foco os valores da semana: capacitar, inspirar e conectar.

A peça que eu não inscrevi no Concurso Universitário da ABP.

Confesso que foi difícil criar em cima do empreendedorismo sem cair em clichês.

Briefing:
Anúncio de revista para motivar a população a se engajar na Semana Global do Empreendedorismo e acessar o site, em linguagem jovem e lúdica, tendo como foco os valores da semana: capacitar, inspirar e conectar.

October 2, 2013
O trabalho de um freelancer é cheio de vantagens, tanto para o profissional quanto para o cliente. A maior de todas é a motivação para tocar cada projeto. No sistema corporativo de “linha de produção”, aquele carinho especial pelo projeto acaba se perdendo na enxurrada de trabalhos, reuniões burocráticas e prazos apertados. Enquanto o principal interesse das empresas é aumentar a margem de lucro, um bom profissional freelancer tem a oportunidade de degustar cada projeto e extrair o melhor dele. Dê uma chance a um freela e compare os resultados.

O trabalho de um freelancer é cheio de vantagens, tanto para o profissional quanto para o cliente. A maior de todas é a motivação para tocar cada projeto. No sistema corporativo de “linha de produção”, aquele carinho especial pelo projeto acaba se perdendo na enxurrada de trabalhos, reuniões burocráticas e prazos apertados. Enquanto o principal interesse das empresas é aumentar a margem de lucro, um bom profissional freelancer tem a oportunidade de degustar cada projeto e extrair o melhor dele. Dê uma chance a um freela e compare os resultados.

September 22, 2013
Briefing:Texto de até uma lauda sobre o que um jovem profissional é capaz de fazer para entrar no mercado publicitário.
Obs: A redação fez parte da primeira etapa do Concurso Universitário do Encontro de Redação Publicitária da ALAP Rio e me rendeu a classificação para a etapa final, na qual fui premiada com o 3º lugar.

Briefing:
Texto de até uma lauda sobre o que um jovem profissional é capaz de fazer para entrar no mercado publicitário.

Obs: A redação fez parte da primeira etapa do Concurso Universitário do Encontro de Redação Publicitária da ALAP Rio e me rendeu a classificação para a etapa final, na qual fui premiada com o 3º lugar.

7:17am  |   URL: http://tmblr.co/ZVYcfxwabOlE
Filed under: redação criação 
July 10, 2013

Banner animado fictício dos snacks Doritos (peça-conceito). A ideia consiste em aproveitar o espaço do site onde os banners seriam veiculados para aumentar o impacto da peça, já que a animação aconteceria por cima do conteúdo do site. 

Sinopse: Uma jovem passa pelo banner de cima e percebe a travessa com Doritos no banner de baixo. Ela fica com água na boca e tenta pegar os snacks, esticando o braço e passando por cima do conteúdo do site. Outras pessoas passam e reagem de forma similar. O desfecho varia de acordo com a posição dos banners: se forem próximos, os personagens conseguem comer os snacks até que a travessa esvazie; se forem distantes, os personagens tentam e ficam frustrados por não conseguir. No final, passam os produtos da linha e entra a assinatura.

9:28pm  |   URL: http://tmblr.co/ZVYcfxuGRFCy
Filed under: criação conceito 
July 10, 2013

Outdoor fictício dos snacks Doritos. Ação Ímã de Galera, com a mensagem de que os snacks possuem o poder de reunir pessoas e com o objetivo de gerar mídia espontânea através do uso de milhares de ímãs de geladeira com fotos de pessoas se divertindo fazendo uma composição única em cada outdoor montado.

July 5, 2013
Anúncio fictício dos snacks Doritos, direcionado a revistas de música.
(O uso da logo antiga foi proposital. O planejamento fictício também previa um retorno a esta logo, que encontra melhor aceitação junto ao público brasileiro)

Anúncio fictício dos snacks Doritos, direcionado a revistas de música.

(O uso da logo antiga foi proposital. O planejamento fictício também previa um retorno a esta logo, que encontra melhor aceitação junto ao público brasileiro)

July 5, 2013
Anúncio fictício dos snacks Doritos, direcionado a revistas de ciência.
(O uso da logo antiga foi proposital. O planejamento fictício também previa um retorno a esta logo, que encontra melhor aceitação junto ao público brasileiro)

Anúncio fictício dos snacks Doritos, direcionado a revistas de ciência.

(O uso da logo antiga foi proposital. O planejamento fictício também previa um retorno a esta logo, que encontra melhor aceitação junto ao público brasileiro)

June 17, 2013
Proposta de redesign do site da Abrasco.
O novo design do site proporcionou uma clara modernização do site, melhor distribuição dos conteúdos e melhor aproveitamento das cores da identidade visual da associação para criar uma atmosfera de proximidade com o usuário. Para a criação, foram realizados estudos de usabilidade e foi definida uma nova arquitetura da informação.
Redesign do logo por Insone.org

Proposta de redesign do site da Abrasco.

O novo design do site proporcionou uma clara modernização do site, melhor distribuição dos conteúdos e melhor aproveitamento das cores da identidade visual da associação para criar uma atmosfera de proximidade com o usuário. Para a criação, foram realizados estudos de usabilidade e foi definida uma nova arquitetura da informação.

Redesign do logo por Insone.org

May 29, 2013
Criação e diagramação de relatório.

Criação e diagramação de relatório.

December 26, 2012
PLANEJAMENTO DE AÇÃO
Problema: Os espectadores de TV não adotam os sistemas de áudio de tecnologia avançada. Embora o telespectador invista em aparelhos de televisão cada vez maiores e mais robustos, a experiência de áudio não acompanha essa evolução. Com isso, o espectador perde em qualidade de experiência sonora, que já está sendo disponibilizada em alta qualidade (muitas vezes em 5.1) e com pouco aproveitamento do público.
Solução: Criar o hábito de consumir televisão com qualidade tanto de som quanto de imagem. Como é difícil atuar em cada ponto de transmissão (lares, restaurantes, etc) especificamente, serão criadas salas de exibição populares, que levarão a experiência mais completa possível para o telespectador, com a exibição em tempo real e alta qualidade da programação da emissora.
Objetivo: Proporcionar uma experiência mais intensa do conteúdo audiovisual da empresa, oferecendo aos espectadores a possibilidade de usufruir de toda a qualidade de som e imagem oferecida pelos produtos transmitidos pela emissora de TV em questão.
Estratégia:
1. As primeiras salas serão criadas em espaços de grande movimento popular. Inicialmente, em shopping centers do subúrbio.
2. O ideal é tentar viabilizar o projeto sem custo para o público. Se for necessário cobrar, é importante manter preços populares.
3. As exibições podem acompanhar ações de divulgação de programas da grade, pesquisas de mercado, distribuição de brindes e todo tipo de ação que possa cultivar um relacionamento mais próximo entre marca e público.
4. Distribuição de panfletos educativos, com dicas de como montar um home theater corretamente.

OBS: A ideia é uma adaptação do conceito de quiosque da marca, com transmissão da programação, como o que existe na praia de Copacabana, por exemplo. Porém, a experiência no quiosque não é completa, pois não oferece o conforto adequado, o som não é privilegiado (normalmente está baixo e com o closed caption ativado) e atrai muitos moradores de rua.

PLANEJAMENTO DE AÇÃO

Problema: Os espectadores de TV não adotam os sistemas de áudio de tecnologia avançada. Embora o telespectador invista em aparelhos de televisão cada vez maiores e mais robustos, a experiência de áudio não acompanha essa evolução. Com isso, o espectador perde em qualidade de experiência sonora, que já está sendo disponibilizada em alta qualidade (muitas vezes em 5.1) e com pouco aproveitamento do público.

Solução: Criar o hábito de consumir televisão com qualidade tanto de som quanto de imagem. Como é difícil atuar em cada ponto de transmissão (lares, restaurantes, etc) especificamente, serão criadas salas de exibição populares, que levarão a experiência mais completa possível para o telespectador, com a exibição em tempo real e alta qualidade da programação da emissora.

Objetivo: Proporcionar uma experiência mais intensa do conteúdo audiovisual da empresa, oferecendo aos espectadores a possibilidade de usufruir de toda a qualidade de som e imagem oferecida pelos produtos transmitidos pela emissora de TV em questão.

Estratégia:

1. As primeiras salas serão criadas em espaços de grande movimento popular. Inicialmente, em shopping centers do subúrbio.

2. O ideal é tentar viabilizar o projeto sem custo para o público. Se for necessário cobrar, é importante manter preços populares.

3. As exibições podem acompanhar ações de divulgação de programas da grade, pesquisas de mercado, distribuição de brindes e todo tipo de ação que possa cultivar um relacionamento mais próximo entre marca e público.

4. Distribuição de panfletos educativos, com dicas de como montar um home theater corretamente.

OBS: A ideia é uma adaptação do conceito de quiosque da marca, com transmissão da programação, como o que existe na praia de Copacabana, por exemplo. Porém, a experiência no quiosque não é completa, pois não oferece o conforto adequado, o som não é privilegiado (normalmente está baixo e com o closed caption ativado) e atrai muitos moradores de rua.

Liked posts on Tumblr: More liked posts »